domingo, 23 de julho de 2017

BORA LÁ



Espera!! me disse o medo,
com seu falso perfil de cuidado
É muito arriscado,
antes de qualquer coisa ou passo, certifique-se
Tenhas certezas muitas, não uma só,
nunca vá pela esperança
Insistiu dizendo para que eu não fosse,
"Olha !? É muito perigoso".

Mas eu fui, este é meu jeito de ser,
não respeito demais ao medo
Fui com cuidado, certifiquei-me dos riscos
e me enchi de esperança
Não haviam problemas no caminho,
só os que eu mesmo criei
Ao chegar, a vida me disse,
"viver não admite rascunho".

Fizeste bem em vir sem demora,
temos coisas a fazer sem medo
Tens como missão, abraçar a alguns,
sorrir e chorar com outros
Tem também bastante trabalho,
e aqui, a saúde não dá garantia
O tempo não para e nem te empurra;
cuide com carinho da vida e dispense o "cuidado"

Nenhum comentário:

Postar um comentário