terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

SER SUFIXO



Mente, semente, mormente, lamente, contente
No indo ou vindo, em um findo infindo lindo
Com a beleza da natureza, a certeza, a realeza 
Do passageiro tão sorrateiro, lá no bagageiro
Escondido, comprimido, iludido e perdido
Demora, cora, chora, implora quer ir embora
Cansado que está de viver dependente de outro
E nunca se encontrar, pois sua vida é sufixa

Nenhum comentário:

Postar um comentário