terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

A dúvida



Primeiro foi seu olhar, depois um sorriso intrigante
Depois fui confirmar e lá estava ela sorrindo pra mim
Despertou minha alegria, afagou minha estima, linda
Passei dias lembrando, imaginando o porque, a loucura
Melhor pensar que não tenha sido pra mim, é só ilusão

No retorno, o vazio, ela não está lá. Não chegou? Não virá?
E então eu torno ao lugar e seu estar me intriga, mesmo sem ela me olhar
Seu sorriso, seu jeito e aquela determinação me envolve
Ela se aproxima e se encosta, então, sonho impossíveis
Mas ela recua, na certeza de haver deixado o marca da vontade

Nenhum comentário:

Postar um comentário