sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Desabafo para Karina


Alguém me procurou para dizer que você não me quer mais,
Que te viu falando e rindo de mim

Que escreves-te no verso da página do verso que lhe dei, 
o teu telefone e entregas-te a outro alguém


E embora saibas declamar o verso de cor e salteado,
desejo que chores por cada palavra, cada rima

Pois decidiu de forma irrevogável que não quer mais saber de mim, pois me achas vazio e sem sabor

Então olhei-a sem muito sentir, nem dor ou alívio, 
não senti tristeza ou alegria. Só imobilizei

E fiquei pensando no que seria aquilo, uma mulher
que vem me dizer que rasgas-te o verso que te dei

Colocando nele  o número do teu telefone,
propondo um encontro e assinando assim: "Marina".


Nenhum comentário:

Postar um comentário