sábado, 13 de dezembro de 2014

Ao entardecer


Teu olhar maduro "enlindeceu" minh'alma
Trouxe a mim, uma esperança nova
Fruto verde de amor novo, de sabor doce
Que vem deste brilho em tua nova forma
Nova forma madura de olhar o novo amor

E imagino teu corpo, que tem perfeita forma,
Jogado sobre o meu. Ofegante e descansado
Daquele velho cansaço de esperar o amor
O velho amor que renasce sempre como novo
Mesmo que em forma madura de entender

Mas como não se pode entender as suas razões
Desistido e desistindo desta busca sana de saber 
Me entrego ao hoje e ao que sinto novamente
Com mente aberta e nova para entender o agora
Desejando viver longamente, mas sem demora

Tudo aquilo que sempre promete e cumpre
Uma verdadeira e pura esperança no amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário