quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Mais do mesmo ( FELIZ 2015 )



Ao findar mais um ano, muitas coisas são lembradas
Projetos realizados ou não, lutas, vitórias e derrotas
E a proposta é que haverá uma nova oportunidade
Que nós teremos mais 365 dias para realizações
Que agora tudo pode vir a dar certo, porque é novo
Novo ano, nova chance, antigas e novas tentativas
Os mais realistas sabem que é só mais um dia
Um dia que vem antes do novo, como todos os dias
Sei que para alguns isto soa desanimadoramente
Corta o barato, o sonho, é uma panela de água fria
Pense nas contas feitas neste ano e ainda não pagas
Elas são o Velho Ano no Novo Ano, que dureza
Pense bem naquilo e naquele em quem você votou
Não será só mais um ano, serão dez, vinte anos
Conseqüências contínuas e talvez insuportáveis
Insuportáveis para os sonhadores de plantão

Mas não tem jeito não, é mesmo assim, não vai mudar
E aí desejamos um Feliz 2015, esperando dias melhores
Não propriamente melhores do que os de 2014, ufa ...
Pense bem, 2014 já não foi fácil não, mas 2015 será?
Mas espere, em 2015 o ano pode sim ser bem melhor
Não propriamente para a colheita ou para os afoitos
E pode e será melhor, se formos mais participativos
mais operantes, menos irresponsáveis e acomodados
Se nossa cidadania for além da tela do Note, Tablet
Se não for só uma atitude de celular, de reclamadores
Mão na massa galera, bloco na rua, requerer sem parar
Exigir honestidade começando pela honestidade em nós
Dizer não e sim, não a partidos ou pessoas, sim a idéias e ideais
Não entregar o jogo no primeiro tempo e nem no segundo
Porque quando um jogo acaba, amanhã outro haverá
Quando um Campeonato se encerra, um outro começará

Então vamos impor o ritmo, vamos subir para a rede
Vamos fazer pressão, eles levantaram a bola bem alto
Nós vamos colocá-la com um corte bem dado, no chão

Nenhum comentário:

Postar um comentário