quinta-feira, 12 de junho de 2014

Passando


Tempero o tempo
Com tempo e têmpera
tento moldar o tempo
Sem molde ou tempero
Com têmpera tento
mas não tempero o tempo
Com molde ou têmpera

Então eu tenho tempo
E ao mesmo tempo
Eu não tenho tempo
Para pensar em molde
Que molde o tempo
Ou sequer tempero
Que tempere o tempo

Porque o tempo é senhor
Para quem se faz servo
Mas não se faz servo
De quem pensa ser senhor
Porque o tempo dá voltas
Sem que ele mesmo volte

Porque o tempo
Durante todo tempo
Não quer ser servo
Não quer ser senhor
O tempo não quer nada
O tempo só quer passar
Seja para o servo ou para o senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário