sábado, 10 de novembro de 2012

A ilusão


Se por um só momento
A mente ilude e mente
E um sorriso não é o que esperavas
E palavras disseram coisas inversas
Diversas coisas e nem um verso
E se lágrimas rolaram secas
Com sorriso duro e doído
Nada se perdeu, não houve erro
São desejos tão comuns em nós
Ilusões criadas e alimentadas
Sem propósitos comuns
Mantenha a esperança e sorria
Verás que também iludes

Nenhum comentário:

Postar um comentário