quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Sentidos

Caminhei caminhos cotidianos sem rumo ou direção
Caminhei jornadas orientado por quereres diversos
Sem motivo, sem verso ou reverso algum. 
Então mesmo sem cansaço me cansei de caminhar para lá
Parei e sem sentar, sem deitar ou reclamar
Abandonei não propriamente o caminho, mas a direção 
E não propriamente um abandono, mas uma retroversão.
Agora sei que estou distante,
Mas é melhor voltar no caminho do que se perder nele
Agora sei que me aproximo e aí...
Nenhuma preocupação com o momento de chegar
Consegui o mais importante, estou na direção certa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário