sábado, 8 de outubro de 2011

SILÊNCIO

Fujo de sentimentos que não quero conhecer
Vou a pé pelos caminhos para não me perder
Tenho andado acelerado, vejo campos, plantações
Todos sem flores, pássaros, passo rapidamente
Finjo sentimentos que não quero sentir
Em águas profundas para mim
E com sintonia mímica, digo coisas
Que posso não sentir, mas digo

Nenhum comentário:

Postar um comentário