sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Mundo Novo


Quero dias que condigam com meu querer
Desejo coisas simples, papo com amigos
Beijos bem dados por todos os lados
Invadindo fronteiras sem cercas
Por convite e que seja assim
Penso em noites diferentes das que vivi
Sair um pouco, conversar sem medir
Dizer palavras que construam coisas boas
Pois tenho um tipo de alegria em mim
Que me faz caminhar, seguir, romper barreiras
Por este motivo eu mesmo me propus
Uma trégua, uma entrega ou coisa assim
Pra que eu possa amar, dormir em teu corpo
E despertar em um amanhã novo
No mundo novo que vou construir

Nenhum comentário:

Postar um comentário