sábado, 24 de setembro de 2011

LEMBRANÇAS

Relembrar você fraciona minha vida
Dividido em memórias boas e más
Certezas e dúvidas do amor que vivemos
Foram tantas palavras e gestos vividos
Desencontros de um amor que um dia
Foi quase toda razão de eu existir
Mas hoje meu coração se divide
Quando me lembro de nós dois
Pois sorri e sofri, lembrando você
E não sei bem a proporção
Mas relembrar você fraciona
Tudo aquilo que vivi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário