sábado, 18 de dezembro de 2010

Lutas e vitórias

O cansaço, o caminhar tropego, a face demonstra o desgaste da jornada, mas o homem persiste em ir adiante, seu olhar, ainda que cabisbaixo, aponta para o futuro; almeja chegar, colocar os pés na linha de chegada e dalí, fazer partida para um amanhã mais adiante, ainda que lhe custe a última gota de suor já misturado ao sangue, pois são estes os sinais dos mártires.
Alguem lhe estende a água que sacia parte da sede, que refresca parte do calor gerado pelo esforço, mas fundamentalmente lhe diz que ele não está só. Então ele se enche de esperança, coloca um meio sorriso na boca, levanta o olhar e retirando energia da alma, aperta o passo na certeza de chegar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário