domingo, 21 de novembro de 2010

ENCANTAMENTO



A brisa caía enluarada
Regava a hortelã e a relva
Pela manhã
Uma exalava frescor
A outra
Mostrava-se em flor
O sol e seu calor
Fez a brisa evaporar
As folhas verdes escurecerem
As flores definirem suas cores
E o fotossintético crescimento
Imperceptivel ao olhar e ao olfato
Mostrou todo seu encantamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário